Ir para o conteúdo

Prefeitura de Votorantim e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Votorantim
Acompanhe-nos:
Rede Social Likiedin
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Rede Social Whatsapp
Rede Social Sound Cloud
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
OUT
01
01 OUT 2021
Campanha Outubro Rosa em Votorantim promove saúde da mulher
enviar para um amigo
receba notícias

UBSs intensificam atividades de prevenção dos cânceres de mama e colo de útero

A Prefeitura de Votorantim, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, inicia nesta sexta-feira (1) a Campanha Outubro Rosa. O principal objetivo é alertar as mulheres sobre a importância da prevenção e o diagnóstico precoce dos cânceres de mama e do colo de útero.

Durante todo o mês de outubro serão desenvolvidas ações de orientação e conscientização sobre esses temas. Os trabalhos serão desenvolvidos em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município. 

No dia 23 (sábado), as unidades do Parque Bela Vista, Vila Garcia e Novo Mundo estarão abertas, das 8h às 12h. Nesses locais serão realizadas diversas atividades com o foco na promoção da saúde da mulher. Haverá coleta para o exame de Papanicolau e vacinação contra o Papiloma vírus Humano (HPV), causador do câncer de colo de útero. 

A vacina será aplicada nas meninas entre 9 a 14 anos. Estarão também à disposição testes rápidos de sífilis, HIV e hepatite.  

Câncer de mama

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres do mundo e do Brasil. Sua incidência aumenta progressivamente acima dos 35 anos de idade e, especialmente, após os 50 anos.

As principais maneiras de prevenção são o auto-exame, a mamografia diagnóstica que investiga casos suspeitos em qualquer idade e a mamografia de rastreamento. Esta última é indicada para mulheres entre 50 e 69 anos, a qual deve ser realizada a cada dois anos.

Diagnosticada em fases iniciais, a taxa de cura da doença pode atingir entre 90 e 95 %.  Nessa fase os tratamentos são pouco agressivos e mantêm o aspecto estético das mamas.

A Secretaria de Saúde destaca que muitas mulheres não se preocupam com a prevenção por não terem nenhuma parente próxima com a doença. De acordo com a Sesa, essa condição não reflete a realidade, pois 90% das pacientes não possuem histórico familiar.

Câncer de colo de útero

O câncer de colo de útero ou cervical é causado pela infecção persistente de alguns tipos do Papilomavirus Humano – HPV. Essa condição, em alguns casos, causa alteração nas células do colo uterino evoluindo para o câncer. Pelo exame preventivo Papanicolau o problema é descoberto e curável.

As formas de contágio por esse vírus são o contato direto com pele infectada, via sexual contato oral - genital, genital - genital ou manual - genital. A pessoa infectada pode não apresentar sintomas e transmitir vírus sem saber.

 

A vacinação representa a melhor forma de prevenção, quando realizada antes do início sexual. A efetividade da vacina é de 100% contra a cepa dos HPVs contidos na vacina.

Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia