Ir para o conteúdo

Prefeitura de Votorantim e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Votorantim
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Whatsapp
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
29
29 NOV 2022
Zoonoses promove ações na Semana Estadual de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti
enviar para um amigo
receba notícias
Atividades envolveram atividades educativas, exposições e vistorias
O Centro de Controle de Zoonoses de Votorantim promoveu ações na Semana Estadual de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti (dos dias 21 a 26 de novembro). Foram realizadas atividades educativas em escolas, exposições em espaços públicos e vistorias em pontos estratégicos (PEs) e Imóveis Especiais (IEs).
As Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) Professora Dides Crispim de Almeida Antônio, na Vila Garcia e Professor Lauro Alves de Lima, no Jardim Serrano receberam profissionais da Zoonoses que apresentaram aos alunos materiais educativos no combate à dengue. No total, 736 alunos estavam presentes nas palestras.
Os alunos aprenderam o ciclo do mosquito Aedes Aegypty com cartazes informativos e com o “Ciclo Vivo” demonstrando etapa por etapa do processo reprodutivo do animal. Os agentes ensinaram também quais produtos que podem ser utilizados no combate ao mosquito que todos têm em casa, como água sanitária, detergente e sabão em pó.
Os alunos também aprenderam a importância de não deixar materiais que acumulam água como pneus, garrafas destampadas, lixeiras, vasos de plantas e bebedouro de animais expostos em casa, para que não haja a reprodução do mosquito.
As ações também envolveram atividades educativas e exposição na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Jataí, na Prefeitura de Votorantim e no Terminal de Ônibus, no Centro. Locais de grande circulação de pessoas, para atingir o maior número de munícipes conscientes sobre o mosquito Aedes Aegypti.
Os agentes realizaram ainda, vistorias em Pontos Estratégicos (PEs) e Imóveis Especiais (IEs), locais com grande risco de incidência de larvas do mosquito como reciclagens, borracharias, escolas, postos de saúde, empresas e espaços com grande circulação de pessoas.

Mosquito Aedes Aegypti
O mosquito da dengue, como é popularmente conhecido, se reproduz em quatro fases: ovos, larvas, pupas e o mosquito adulto. A fêmea deposita os ovos nas bordas dos recipientes, portanto locais secos também podem conter ovos do Aedes Aegypti, mas para se desenvolver em larvas e pupas (fases aquáticas), é necessário a água parada, e a última fase de reprodução é o mosquito adulto, que vive aproximadamente 30 a 45 dias.
Para transmitir as doenças como dengue, Zica e Chikungunya, a fêmea pica uma pessoa doente e é infectada, passando assim a infectar outras pessoas.
Segundo o chefe de serviços de zoonoses, Edson de Almeida, até este ano, Votorantim registra 647 casos positivos de dengue. "A grande maioria no início do ano, que é o período mais crítico, de janeiro a junho, que são meses mais quentes e de chuvas, o risco de transmissão é maior. Já faz algumas semanas que estamos sem casos sendo registrados, mas a gente mantém as ações de prevenção e de orientação para evitar que a transmissão ocorra novamente”, conta.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia